Sustentabilidade ganha força na Engenharia Civil

Sustentabilidade ganha força na Engenharia Civil

A Construção Sustentável é um conceito moderno da Engenharia Civil que pode ser aplicado ao projeto de qualquer tipo de estrutura, indo desde pequenas casas populares até a construção de grandes prédios, como fábricas ou hospitais.

Na construção sustentável, os engenheiros civis e arquitetos procuram usar tecnologias ecológicas nas obra para preservar o meio ambiente e poupar os recursos naturais.

O conceito de construção sustentável é baseado em 5 ideias básicas:

1 – Projetos Inteligentes

Projetos de engenharia civil e arquitetura inteligentes aproveitam melhor as características do terreno e também da natureza, tais como iluminação solar natural para poupar o uso de lâmpadas quando a construção ficar pronta.

2 – Redução da Poluição

Uma obra de engenharia civil sempre gera muita poluição. Esta poluição pode ser reduzida drasticamente através do melhor aproveitamento dos materiais (redução de desperdício) e também através do uso de ferramentas e estruturas inteligentes (andaimes de metal reutilizáveis ao invés dos tradicionais andaimes de madeira comuns na construção civil).

Outra maneira interessante de reduzir a poluição é separar as sobras da construção pedaços de concreto, tijolos quebrados, tocos de madeira, pedaços de ferro, etc.). O que puder ser reaproveitado em outras obras é armazenado, o que puder ser reciclado é enviado para a reciclagem.

3 – Materiais Ecológicos

O uso de materiais ecológicos é outro princípio fundamental da construção sustentável. Plástico reciclado, madeira de reflorestamento, concreto reciclado (concreto aproveitado a partir da demolição de outros edifícios) são várias as opções de materiais que podem ser usados pela Engenharia Civil para aumentar a sustentabilidade de uma construção.

4 – Eficiência Energética

Além de construir obras de maneira ecológica, a construção sustentável também busca casas e prédios que possam ser mantidos de modo econômico.

Uma das formas de tornar um edifício mais econômico e sustentável é através da eficiência energética. Isso pode ser alcançado com o uso de lâmpadas e eletrodomésticos econômicos, energia solar para aquecer a água e melhor aproveitamento do calor e do frio (que evita a necessidade do uso de ar condicionado).

5 – Aproveitamento da Água

A água, um dos bens mais preciosos da humanidade, também pode ser aproveitada segundo os conceitos da construção sustentável.

A água das chuvas, por exemplo, pode ser facilmente estocada em cisternas e caixas d’água para ser usada em tarefas como regar plantas, lavar o chão ou então nos vasos sanitários. O desperdício também pode ser evitado através do uso de encanamentos de maior resistência e de modelos de torneiras mais eficientes.

Embora à primeira vista os procedimentos da construção sustentáveis possam parecer sofisticados e caros, muitos deles pode ser usados para baratear uma obra. Isso mesmo! Além dos ganhos ecológicos, ainda podemos ter ganhos financeiros.

O telhado verde (a ideia da cobertura verde é construir um “telhado vivo” através do depósito de terra e da plantação de grama no topo das construções) pode ser usado para cobrir grandes áreas planas ou inclinadas de telhado a custos baixíssimos.

O uso de andaimes modulares de metal evita a necessidade da compra de madeira, já que eles podem ser montados e desmontados à medida que a obra avança e também podem ser usados em obras de engenharia civil posteriores. Os andaimes de metal também evitam o desperdício, já que muitas vezes a madeira usada nos andaimes de madeira é jogada fora.

Materiais reciclados de construção também podem ser muito baratos. Como são produzidos a partir de materiais que seriam jogados fora, o custo é bem menor do que o de materiais novos.

Na manutenção, a redução de custos através da construção sustentável é ainda maior! Confira alguns exemplos simples: Sistemas de captação de água, além de baratos e simples do ponto de vista da Engenharia Civil, são uma valiosa fonte de água para uso geral, diminuindo bastante a conta de água. Aquecedores solares posicionados no telhado proporcionam uma enorme economia de energia já que aproveitam o calor do sol (que é gratuito) para esquentar a água para o banho. Janelas amplas, além de tornarem o ambiente mais agradável, também geram uma enorme economia de energia já que evitam que lâmpadas sejam acesas durante o dia.

Fonte: guiadacarreira.com.br