Solução para a escassez da água? Conheça a dessalinização a partir do uso do grafeno

Solução para a escassez da água? Conheça a dessalinização a partir do uso do grafeno

A escassez da água é uma preocupação real e não é algo distante, e sim para um futuro próximo. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) mais de 2,7 bilhões de pessoas devem sofrer com a falta de água em 2025. A Comissão Econômica da ONU pede um esforço principalmente dos países desenvolvidos para a proteção dos recursos hídricos. E a partir de pesquisas, que são desenvolvidas há mais de uma década, uma alternativa para combater a escassez é a dessalinização da água dos oceanos. O objetivo é transformar a água salgada dos oceanos em água potável, através dos filtros com grafeno, tornando-as próprias para o consumo.

O cenário pode ter ficado mais otimista, mas ainda é desafiador. Isso porque o processo de dessalinização depende de altos investimentos financeiros, mas não é de hoje que é visto como uma das soluções para a escassez e problemas hídricos, juntamente com a melhor gestão dos recursos hídricos e a redução do desperdício de água.

Os desafios permanecem, mas os avanços são significativos. A defesa é de que o processo de dessalinização deixe de ser uma tecnologia cara para ser mais acessível em diferentes países e como alternativa para combater a escassez da água e condutividade elétrica. O tema já foi trazido pelo BDE, com a engenheira brasileira Nadia Ayada, que ganhou prêmio internacional por sistema de filtragem e dessalinização de água. Com certeza será um tema sobre o qual vamos ouvir falar muito, e que merece nossa atenção e investimentos sérios no setor.

Via: Blog Da Engenharia