Cursar Engenharia Civil é ir além do mercado tradicional

Cursar Engenharia Civil é ir além do mercado tradicional

Com as constantes mudanças no mercado contemporâneo é necessário para o engenheiro civil um perfil inovador, capaz de ir além do mercado tradicional dos escritórios de construção civil e empresas construtoras, assim, a formação precisa ser ampliada e a capacidade de adaptação tem de ser exercida cotidianamente, tendo em vista a formação de profissionais aptos a exercer funções também em outras áreas, especialmente naquelas ligadas à administração e finanças.

“É necessário que se trabalhe as competências e não de forma curricular para formamos potenciais líderes”, é o que afirma Ítalo Salomão, coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade de Fortaleza. Na Unifor a graduação na área possui titulação de bacharelado e duração média de cinco anos.

O curso da Unifor oferece subsídios para que o estudante aprofunde sua capacidade analítica na resolução de problemas, o que leva muitos à carreira de executivos em grandes empresas. Entre as múltiplas atribuições profissionais a serem trabalhadas está a capacidade de exercer a gestão, supervisão, coordenação e orientação técnica, assim como elaborar estudo de viabilidade técnica-econômica e ambiental. Da mesma forma, fazer vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem, e também treinamento, ensino, pesquisa e ensaio.

Ainda na graduação o estudante pode entrar em contato com importantes projetos de práticas acadêmicas, como é o caso do NEPE (Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão), criado para integrar projetos para a comunidade universitária e comunidades carentes. Outro destaque é o APO que desenvolve um pórtico de concreto armado capaz de suportar uma carga de impacto. O curso dispõe ainda de visitas técnicas a obras emblemáticas das grandes áreas da engenharia civil (construção civil, recursos hídricos, saneamento, geotecnia e transportes). A produção científica também é destaque por meio do Núcleo de Pesquisas Tecnológicas.

FONTE: G1 site https://g1.globo.com/ce/ceara/especial-publicitario/unifor/ensinando-e-aprendendo/noticia/2018/08/29/cursar-engenharia-civil-e-ir-alem-do-mercado-tradicional.ghtml