Brasil conquista 8º lugar no ranking mundial de energia eólica

Brasil conquista 8º lugar no ranking mundial de energia eólica

De acordo com levantamento feito pelo Global World Energy Council (GWEC) e divulgado pela Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), o  Brasil acrescentou 2,022 GW de potência eólica ano passado, chegando a 12,763 GW. O primeiro lugar segue com a China, que acrescentou 19,5 GW ano passado e chegou a 188,232 GW de capacidade instalada da fonte eólica.

Em nota oficial, a presidente da Abeeólica, Élbia Gannoum, destacou que o Brasil vem se destacando e ganhando posições no ranking “de forma consistente”. Em 2015, o país estava em décimo lugar, o que significa que vem subindo uma posição a cada ano.  

Ainda segundo a presidente, levando em consideração os contratos já assinados e os leilões realizados, a capacidade instalada de energia eólica brasileira vai chegar a 18,63 GW em 2020. Com os novos leilões, a tendência é que esse número cresça.