4 razões para se tornar um engenheiro civil

4 razões para se tornar um engenheiro civil

Você está escolhendo qual será a sua profissão? Pensa em se tornar engenheiro(a) civil. Aqui na DoisA, a gente tem orgulho dos nossos engenheiros. O profissional dessa área, em geral, é uma pessoa meticulosa e organizada, que gosta de trabalhar com números e cálculos. Também admira acompanhar as novidades tecnológicas e outras tendências relacionadas a novos materiais, ideias e funcionalidades estratégicas dentro da construção de estruturas que visam o bem-estar coletivo. 

Além de tudo, a profissão oferece diversas oportunidades. O curso de Engenharia Civil tem muitos pontos positivos a serem considerados por quem está em busca de um caminho a seguir após o fim do ensino médio.

Confira quais são eles:

1) Multifuncionalidade: habilidade de lidar com várias funções

Um engenheiro civil cuida de todo o gerenciamento de projeto da construção de obras como prédios, estradas, pontes, viadutos, barragens, parques, museus, entre outros. Ele é o responsável pela execução da obra e acompanha de perto todas as etapas de construção ou reforma.

Esse profissional ainda cuida de outras atividades fundamentais, como a análise do solo, a ventilação do local, a tubulação, as estruturas metálicas e hídricas, saneamento, os tipos de fundação, materiais a serem utilizados e os acabamentos necessários.

2) Liderança: capacidade de inspirar

Fica ainda sob a responsabilidade do engenheiro civil supervisionar a equipe envolvida na construção e administrar os recursos da obra. Isso inclui gerenciar os prazos e os custos, assegurar os padrões de qualidade e garantir a segurança de todos. Também é preciso saber lidar com imprevistos, incentivar a equipe e manter a união diante de situações adversas, principalmente para engenheiros que ocupam cargos de liderança. Essas são habilidades importantes e interessantes de serem desenvolvidas.

3) Leque amplo: possibilidade de atuar em diversas áreas

Já deu para perceber que a Engenharia Civil é uma profissão em que a pessoa exerce muitas atividades e em diversas áreas. O engenheiro civil pode atuar, por exemplo, em setores como rodovias, transportes, saneamento, estruturas e fundações, solo e geotecnia, dentre outros.

A Engenharia Civil também abre a possibilidade de especialização em muitas áreas, como em construção, sanitários, manutenção do solo, preservação de recursos hídricos, e muitas outras. Vale lembrar que é interessante, na hora de escolher em qual faculdade fazer o curso de Engenharia Civil, optar por uma instituição que priorize o conhecimento da inovação e da sustentabilidade como valores fundamentais. Afinal, essas também são linhas de atuação possíveis para o profissional e vêm ganhando cada vez mais destaque, o que pode abrir muitas portas na carreira.

4) Mercado de trabalho: uma profissão fundamental na sociedade

Mesmo com as dificuldades econômicas enfrentadas pelo nosso país, a Engenharia Civil é uma profissão com alta demanda. Isso porque resolve os problemas básicos da sociedade, algo que mesmo em tempos difíceis (e principalmente nesses momentos!) não pode ficar para trás. É uma daquelas áreas que são consideradas vitais e que não podem ficar estagnadas.

Por exemplo, o saneamento é uma área que precisa de investimento constante; no contexto atual, sabemos também o que uma crise hídrica pode causar, e para evitá-la são necessárias obras de grande porte. O mesmo também pode ser dito sobre a geração de energia elétrica. Todas essas questões exigem o trabalho de engenheiros civis, o que mantém o mercado para essa profissão aquecido e promissor.

Faça parte da nossa equipe

Fique sempre de olho nas vagas abertas para engenheiros civis aqui da Dois A Engenharia. No página principal deste site (www.doisA.com) também existe um formulário para encaminhamento de currículos.

Adotamos uma séria política de qualidade de construir com qualidade e de acordo com a necessidade do cliente, procurando superar as suas expectativas, aprimorando nossos serviços, melhorando continuamente os processos, prosperando como empresa e propiciando retorno para a sociedade e para nossos colaboradores.

Não abrimos mão da segurança e saúde no trabalho, ou seja, a garantia da integridade dos colaboradores em todas as atividades ou serviços está acima dos demais objetivos, prioridades, emergências, resultado ou produção. Nenhuma condição justificará a falta de segurança, a submissão ao perigo e a exposição da integridade, a saúde ou a vida das pessoas.