Veja como foi a construção da Torre Eiffel, projetada por um engenheiro civil

Veja como foi a construção da Torre Eiffel, projetada por um engenheiro civil

Mesmo se você ainda não visitou Paris, certamente consegue visualizar a Torre Eiffel em sua memória. O ícone da capital francesa é também uma das grandes obras de engenharia civil e arquitetura do mundo moderno. A torre tornou-se símbolo de romantismo e glamour, sendo protagonista de quadros, pedidos de casamento, objetos de decoração e moda. Mas se ela está lá, exibindo 324 metros de altura, foi graças ao projeto do engenheiro civil Gustave Eiffel e sua equipe. Eiffel já havia trabalhado em projetos inovadores, como a Estátua da Liberdade. O projeto da torre foi escolhido entre mais de cem concorrentes para ser o monumento que celebraria o centenário da Revolução Francesa, em 1889.

Na época, surgiram inúmeros protestos de pessoas que consideraram a torre como uma ameaça à estética da cidade. Foi publicada uma carta intitulada “Carta de Protesto dos Artistas contra a torre do Sr.Eiffel”. Confira um trecho: “Nós, escritores, pintores, escultores, arquitetos e amantes das belezas de Paris – que até então estavam intactas – protestamos com toda nossa força e toda nossa indignação, em nome do subestimado bom gosto dos franceses, em nome da arte francesa e da história sob ameaça, contra a construção, no coração de nossa capital, dessa inútil e monstruosa Torre Eiffel…”.

Como resposta, o engenheiro resumiu o propósito da torre. “Não só a arte do engenheiro moderno, mas também o século da Indústria e Ciência em que estamos vivendo, e para o qual foi preparado o caminho pelo grande movimento científico do século XVIII e pela Revolução de 1789, para a qual este monumento será construído como uma expressão de gratidão da França”, disse Eiffel.

Na primeira etapa da construção foi feita uma fundação de concreto, em um buraco gigante a alguns metros abaixo do nível do solo. Por cima, uma camada compacta de cascalho. Mais de uma centena de homens trabalhou no local por cinco meses. Cerca de 300 operários começaram a montar a estrutura de ferro fundido, utilizando andaimes de madeira. Outra centena de metalúrgicos forjava as 18 mil peças que iriam compor a torre. O complexo desenho das vigas foi projetado para garantir estabilidade contra ventos fortes. Já o design arqueado dos pés da base tinha caráter puramente estético. Em 21 meses a estrutura metálica de 10 mil toneladas estava pronta!